Outros

Flamengo faz 5 a 0 no Grêmio e pega River Plate na final da Libertadores – ESPN

Foi um show, um baile, um massacre!

Com uma espetacular vitória por 5 a 0 sobre o Grêmio, nesta quarta-feira, no Maracanã, o Flamengo avançou à decisão da Libertadores, classificando-se para uma “superfinal” contra o fortíssimo e copeiro River Plate.

É o retorno do Rubro-Negro a uma decisão do torneio da Conmebol após 38 anos.

Gabigol e Bruno Henrique deram um show, fazendo os três primeiros do Fla e ajudando a iniciar a festa. A goleada foi completada por gols de cabeça dos zagueiros Pablo Marí e Rodrigo Caio.

A grande decisão será no dia 23 de novembro, em jogo único no Estádio Nacional de Santiago, no Chile.

Por conta dos protestos na capital chilena, porém, o duelo pode ser mudado para Assunção, no Paraguai.

Flamengo 5 x 0 Grêmio

Gols: Flamengo: Bruno Henrique, Gabigol (2), Pablo Marí e Rodrigo Caio

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; William Arão, Gerson (Diego), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Piris da Motta); Bruno Henrique (Vitinho) e Gabigol Técnico: Jorge Jesus

GRÊMIO: Paulo Victor; Paulo Miranda, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Diego Tardelli) e Matheus Henrique; Everton, Alisson (Thaciano) e André (Pepê) Técnico: Renato Gaúcho


10 participações em gol na Libertadores tem o atacante Bruno Henrique, do Flamengo: 5 gols, 5 assistências

7 gols em Libertadores tem agora o atacante Gabigol. Faltam 9 para alcançar Zico, maior artilheiro do Fla na história do torneio

35 gols tem Gabigol na temporada. Falta só 1 para alcançar Hernane e ser o maior artilheiro do Fla em uma temporada no século 21.

5 gols de desvantagem: foi a pior derrota da atual “era Renato Gaúcho” no Grêmio e o pior revés do Imortal na história da Libertadores

38 anos depois, o Flamengo está de volta a uma final da Libertadores


Bruno Henrique abre a conta

O Grêmio começou melhor a partida, apertando o Flamengo em seu campo de defesa e rondando com perigo a área rubro-negra.

Tanto é que a primeira boa chance do jogo foi do Imortal: Everton recebeu na esquerda, driblou Rodrigo Caio e cruzou para o meio. Maicon fatalmente faria o gol, mas Filipe Luís conseguiu um toque milagroso e salvou a pátria.

O lance fez o Fla acordar, e o gol dos mandantes por pouco não saiu em cabeçada de Bruno Henrique em ótimo cruzamento de Rafinha – a bola saiu raspando a trave.

Pouco depois, Gabigol ganhou no pivô na área e bateu firme, mas Paulo Victor defendeu ser dar reboet.

Mas o destino queria que Bruno Henrique fizesse a nação rubro-negra explodir no Macaranã: o camisa 27 puxou pelo meio e enfiou para Gabigol, que bateu forte. Paulo Victor espalmou e ela sobrou macia para Bruno Henrique só empurrar para dentro.

Festa e alívio para os flamenguistas, que voltariam voando no segundo tempo.


Bonde do Mengão sem freio!

O Fla fez um segundo tempo de gala, apertando desde o 1º minuto e ampliando o placar logo no início.

Após cobrança de escanteio, a zaga desviou para trás e a bola sobrou para Gabigol, que acertou um lindo chute para fazer 2 a 0.

Com a torcida inflamada, a equipe de Jorge Jesus seguiu em cima e aproveitou o nervosismo para seguir aumentando a conta.

Aos 7, Bruno Henrique invadiu e área e levou carrinho de Geromel: pênalti! Gabigol só deslocou Paulo Victor e fez 3 a 0.

Na comemoração, o matador enfileirou seus colegas de equipe e fez a famosa dança do “Bonde do Mengão sem freio”.

E o bonde estava mesmo sem freio…


Chuva de gols

Com o Grêmio totalmente desnorteado, o Flamengo usou seu fortíssimo jogo aéreo para transformar a vitória em goleada.

Aos 21, Arrascaeta deu excelente cruzamento e Pablo Marí acertou cabeçada mortal para colocar 4 a 0 no placar do Maracanã.

Em seguida, mais uma centrada perfeita, e desta vez Rodrigo Caio deu de cabeça no cantinho de Paulo Victor: 5 a 0, fora o baile.

E em ritmo de festa, a torcida rubro-negra só acompanhou seu time tocar a bola até o apito final.

Paulo Victor ainda impediu o 6 a 0 ao fazer grande defesa em chute de Diego, que voltou a jogar após longo tempo afastado por lesão.

Um massacre, que enche o Rubro-Negro de moral para a “superfinal” da Libertadores.


Próximos jogos

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no final de semana.

Domingo, 19h, Flamengo x CSA

Domingo, 16h, Grêmio x Botafogo

Já a final da Libertadores entre Flamengo e River Plate será dia 23 de novembro, no Estádio Nacional de Santiago, no Chile.

Fonte Oficial: ESPN.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Futebol 24h.

Comentários

O Futebol 24H reúne o melhor do futebol brasileiro e mundial. Acompanhe notícias do Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Vasco, Cruzeiro, Santos, Internacional, Barcelona, Real Madrid e outros.

Orgulhosamente desenvolvido por EscaEsco Comunicação.

To Top

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!